Dengue: São Paulo registra mais de 100 mil casos

Dengue: São Paulo registra mais de 100 mil casos

Neste ano, já foram registrados mais de 100 mil casos de dengue no Estado de São Paulo, sendo 70 mortes confirmadas em decorrência da doença, de acordo com a Secretaria Estadual da Saúde.

Para não fazer parte das estatísticas, é necessário se prevenir. Antes de qualquer coisa, passe repelente diariamente. Nunca se sabe quando um mosquito infectado com a doença estará por perto.

Os sintomas mais comuns são: dores musculares, febre, dor de cabeça e no fundo dos olhos, manchas vermelhas pelo corpo, coceira, tontura, náuseas e cansaço extremo.

Caso sinta pelo menos dois desses sintomas, procure um médico. Se houver suspeita de dengue, o mais importante é manter-se hidratado. Água, soro caseiro, suco de frutas e água de coco são os líquidos mais indicados. Além disso, a boa alimentação é imprescindível para que o organismo tenha energia para se recuperar.

Apesar de não haver confirmação científica sobre os benefícios do inhame, há diversos relatos de pessoas que se recuperaram com mais velocidade após o consumo contínuo do suco do tubérculo.

Prevenção

O Aedes aegypti, transmissor da dengue, se reproduz em água parada, por isso é necessário evitar que ela se acumule. A saúde da sua família e dos seus vizinhos depende de você. Cuide da sua casa para que a dengue não faça mais vítimas.

Caso identifique potenciais criadouros de larvas entre em contato com a Vigilância Epidemiológica da sua cidade e denuncie.