Obesidade pode ser fator de risco para Covid-19

Obesidade pode ser fator de risco para Covid-19

De acordo com pesquisa realizada por estudiosos da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), a obesidade é um fator de risco para piora do quadro de casos de Covid-19.

Isso porque os pesquisadores detectaram que os tecidos adiposos (que formam a gordura), são mais suscetíveis à infecção pelo Sars-Cov-2. Em entrevista ao G1 o professor do Instituto de Biologia (IB) e coordenador da pesquisa, Marcelo Mori, explica que “temos células adiposas espalhadas por todo o corpo e os obesos as têm em quantidade e tamanho ainda maior. Nossa hipótese é a de que o tecido adiposo serviria como um reservatório para o SARS-CoV-2.”

Outra questão, apontada pelo estudo, é que quanto mais antiga a célula, maior a taxa de infecção, o que sugere maior gravidade em pacientes idosos.  “Usamos a radiação UV para induzir no adipócito um fenômeno conhecido como senescência, que ocorre naturalmente com o envelhecimento. Ao entrarem em senescência, as células expressam moléculas que recrutam para o local células do sistema imune. É um mecanismo importante para proteger o organismo de tumores, por exemplo”, explica Mori. Outros fatores contribuem para uma maior suscetibilidade de casos graves em idosos e obesos, como o fato de serem mais acometidos por doenças crônicas, diabetes, hipertensão, por exemplo.

É importante salientar que o estudo, cujos experimentos estão sendo realizados com apoio da Fundação de Amparo à pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), ainda não foi publicado e deverá ser ampliado pelos pesquisadores.

R. Rodrigues – A obesidade está sendo apontada pelos médicos que estão tratando o apresentador da TV Globo e EsporTV Rodrigo Rodrigues como o fator que pode ter causado piora no estado de saúde do profissional, que tem 45 anos e está em estado grave na UTI.